O primeiro jornal do interior da Bahia na Internet

 

 

 

 

 

 

Seminário sobre arqueologia começa hoje em Jacobina

 

 

 

 

 

 

  Neste final de semana, dias 1 e 2, acontece pela primeira vez no município de Jacobina, um seminário sobre arqueologia. O evento contará com a presença de nomes de peso da Arqueologia nacional, a exemplo de Carlos Etchevarne, Alvandyr Bezerra, Júlio Oliveira e Mirta Barbosa.
De acordo com o professor Carlos Etchevarne, do Departamento de Arqueologia e Antropologia FFCH/UFBA, “a Arqueologia proporciona um olhar específico sobre o espaço social-mente construído, isto é, aquele que foi antropizado, ou melhor ainda, culturalizado. Aqui fica incluído desde a implantação de um núcleo urbano até a trans-formação da paisagem natural, ainda que não haja locais de residências".
Segundo Etchevarne, "a proposta da arqueologia é, de fato, tomar como objeto de investigação a materialidade das ações humanas. Mas, se o objeto de pesquisa é o material o objetivo é alcançar os conteúdos significativos que essa materialidade comporta para os grupos humanos. É neste sentido que, sob a ótica arqueológica, a Ba-hia, seja a cidade, seja o estado, po-de ser estudada em sua complexidade histórico-social", conclui.
Neste contexto é indiscutível a relevância do acontecimento para o município que passa a integrar com outros, o parque arqueológico baiano dado sua riqueza e acervo já detectados pelas equipes da prefeitura.
O seminário conta com o apoio da Fundação Odebrecht e será realizado no Centro Cultural Edmundo Izidoro dos Santos, com a seguinte pauta: "Princípios e Conceitos Básicos da Arqueologia", "Arqueologia Pré-Colonial", "Arqueologia Histórica", "Representações Rupestres" e "Proteção do Patrimônio Arqueológico/Educação Patrimonial".