Menu
 Apresentação
 Expediente
 Assinatura
 Sobre a Page
 E-mail
 Fale Conosco
 Mapa do Site
 Nota
 Arquivo
 Noticias
 Bate papo
 
  Tamanho da fonte : A+ / A- 

A dupla vida de Preta Gil


 Preta Gil está de volta. Aliás, a impressão que se tem é que ela nunca sai de cena. Figurinha fácil na mídia, por conta de sua presença nos eventos sociais e de suas aparições ao lado das celebridades, agora é que a filha do ministro da Cultura, Gilberto Gil, vai dar o que falar. Pela segunda vez, Preta vai participar de uma novela. Em 2003, ela estreou na telinha como Vanusa, em Agora É Que São Elas, na Globo. Desta vez, a atriz está interpretando a vilã Helga, em Caminhos do Coração, sua primeira novela na Record. "Sou atriz e cantora. Se eu puder conciliar as duas coisas, como vou fazer agora, melhor ainda. Sou apaixonada pelo meu trabalho", disse.
Empolgada com a nova empreitada?
Muito. Helga me dá a chance de eu me exercitar como atriz. Ela tem emoções muito profundas: é má, submissa, conflitada, mata pessoas... Oro todo dia a Deus para essa carga dela não ficar comigo.
Onde você buscou essas emoções?
A gente cria os personagens aos poucos. Sou formada em teatro, já fiz uma novela, mas tenho um estilo próprio que é acreditar no fazer do dia-a-dia. As grandes vilãs do cinema estão em mim. Sou telespectadora assídua de novela, cinema e teatro.
As vilãs são mais sedutoras?
Com certeza. Não há como esquecer a Maria de Fátima (Glória Pires) e a Odete Roitman (Beatriz Segall), de Vale Tudo (1988). Esses personagens fazem parte da gente.
Já se deu conta da responsabilidade que é interpretar uma víbora?
Ai, ainda não... (risos). Isso só vai acontecer quando eu tiver um retorno do público. Sem falar que o texto do Tiago Santiago é muito bom.
Se acha parecida com a Helga?
Nada. Somos completamente diferentes. Ela é medrosa, influenciável, submissa... Nada a ver comigo. Só temos em comum o romantismo. Nós somos muito românticas.
Algum projeto na área musical?
Quando a Record me contratou, a grande negociação foi baseada nisso. Eles contrataram uma atriz que é cantora. Vou começar a gravar depois do Carnaval meu terceiro CD com um DVD ao vivo, produzido pela Ivete Sangalo. Será lançado em 2008.
Essa foi sua condição para poder participar de Caminhos do Coração?
Teve de ser assim. Não posso abrir mão da minha carreira de cantora de jeito nenhum. Até re-gravei a música Mutante, eternizada pela Rita Lee, que está na trilha sonora de Caminhos do Coração.
 
 


» Cavalgada
 3a Cavalgada do Pangaré contou com várias atrações.
» Saúde
 Gonçalo realiza feira de saúde
»Calmonenses
 Calmonenses são aprovados em testes realizados pelo Vitória
 
 
 

Copyright© Jacográfica Serviços Gráficos Ltda. 2006 - Todos os direitos reservados

Reformulador de Home-page: Antonio Carlos - web designer: Antonio Carlos