Vapt-Vupt
 

Jacobina

Estradas 1

A Banco Mundial (Bird) aprovou quarta-feira (15) a operação de crédito que permite ao governo estadual firmar um contrato de empréstimo no valor de US$ 100 milhões junto ao Bird. Negociado pela Secretaria do Planejamento (Seplan), o recurso será destinado ao Programa de Restauração e Manutenção de Rodovias (Premar) e terá uma contrapartida de US$ 86 milhões do governo baiano. O programa viabilizará a recuperação de 1,8 mil quilômetros de rodovias em várias regiões do estado. O processo segue agora para aprovação no Senado Federal.

 

Estradas 2

“Esse é um programa de grande envergadura e vai garantir a recuperação das estradas, assegurando a infra-estrutura necessária ao escoamento da produção baiana. Ele vai dar ainda suporte ao ciclo de desenvolvimento econômico que já caracteriza a Bahia e que deve se expandir nos próximos anos”, afirmou o secretário do Planejamento, Armando Avena. “Além disso, o programa é inovador porque as ações terão como objetivo não só a restauração, mas também a manutenção das estradas durante cinco anos”, acrescenta. O Premar tem como objetivo reduzir os custos e o tempo de deslocamento das mercadorias e dos serviços, dar maior conforto e segurança aos usuários da malha rodoviária do Estado da Bahia, implicando diretamente na maior integração entre as diversas regiões do Estado e deste com outras regiões do Brasil.

 

Garantia-Safra 1

Os agricultores familiares da Bahia (região 1, que compreende 160 municípios) têm até o dia 29 de dezembro para aderir ao programa Garantia-Safra. Em 2006/2007, o programa disponibiliza 32.980 cotas para todo o Estado – incluindo os municípios baianos da região 2. A inscrição do agricultor familiar da Bahia (região 1) vai até o dia 6 de dezembro. Para isso, basta comparecer ao escritório do órgão de extensão rural e assistência técnica de seu estado para obter a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), Modelo do Garantia-Safra. 

(Fonte: MDA)

 

Garantia-Safra 2

No total, em todo o País, o programa criado pela Secretaria de Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário (SAF/MDA) vai disponibilizar 459.091 cotas para a inscrição dos agricultores familiares que vivem na região semi-árida brasileira.

A adesão dos agricultores nesta safra 2006/2007 terá mudanças em relação à inscrição. O objetivo é superar dificuldades detectadas pelos solicitantes e, assim, possibilitar maior agilidade ao processo de inscrição, além de facilitar o acesso dos agricultores familiares ao Garantia-Safra.

(Fonte: MDA)

 


<<<VOLTAR